instituicaoservicoatribuicoesimprensalicitacaofaleconosco
egppceep
dctdi
dcps
 

Fundação Ceperj participa da entrega da primeira base cartográfica atualizada da região metropolitana do Rio de Janeiro, após 40 anos

05/09/2016

Vice Presidente da Fundação Ceperj, Luiz Carlos Fróes, Diretor do CEEP, Raulino Oliveira, Presidente da Fundação Ceperj, Delmo Morani e Coordenador do COGEO, Marcos Antonio Santos

O Presidente da Fundação Ceperj, Delmo Morani, acompanhado do Vice Presidente Luiz Carlos Fròes Garcia, do Diretor do Centro de Estatísticas, Estudos e Pesquisas (CEEP), Raulino Oliveira e do Coordenador do Geociências (COGEO), Marcos Antônio Santos, participou na última sexta-feira, 2 de setembro, da solenidade de entrega da primeira base cartográfica de 19 dos 21 municípios que compõe a região metropolitana do Rio de Janeiro, realizada na sede do DER-Departamento de Estradas e Rodagens-, no Centro do Rio. O diretor-executivo da Câmara Metropolitana de Integração Governamental, Vicente Loureiro, presidiu a cerimônia que teve a mesa composta pelas seguintes autoridades: o Presidente da Fundação Ceperj, Delmo Morani, a Prefeita de Rio Bonito, Solange Almeida, o Prefeito de Queimados, Max Lemos, o presidente do DER, Angelo Monteiro Filho, o Presidente do Proderj, Antonio Bastos, o Prefeito de Seropédica, Alcir Fernando Martirizzo e representando o Governador Interino do Estado, Francisco Dornelles, o Secretário de Obras, José Iran Peixoto Junior.

O objetivo deste encontro foi disponibilizar aos Prefeitos e representantes de Órgãos Estaduais e Concessionárias de Serviços Públicos, o material cartográfico cadastral atualizado pelo grupo gestor da Câmara Metropolitana do Rio, que é considerado pelo Governo do Estado, uma ferramenta imprescindível e estratégica a administração moderna. Como destacou Vicente Loureiro durante seu discurso, a atualização da base cartográfica das áreas urbanas permite requalificar as informações territoriais que servirão de referência para a elaboração de políticas públicas, possibilitando, assim, o desenvolvimento regional “Com o apoio do Banco Mundial, vencemos uma concorrência e hoje entregamos uma base cartográfica atualizada do Rio de Janeiro, um ato inédito que permitirá aos gestores terem informações precisas sobre os municípios”, disse, Vicente Loureiro. O Diretor ressaltou ainda, a participação fundamental da Fundação Ceperj na realização deste trabalho que faz parte deste projeto desde o início, quando surgiu o comitê de estratégia metropolitana e hoje é parte do grupo executivo de gestão da Câmara Metropolitana “A partir de hoje, a Fundação Ceperj e o Proderj devem se considerar os fiéis depositários de todo nosso trabalho de informação no Estado”, concluiu Loureiro.

O Presidente da Fundação Ceperj, Delmo Morani, parabenizou a equipe de técnicos e diretores da Instituição pelo trabalho realizado e anunciou novos projetos “Os técnicos devem considerar hoje um dia de festa e comemoração, pela amplitude deste projeto que construiu uma ferramenta muito útil para as cidades se planejarem e iremos avançar ainda mais, com outras pesquisas”, concluiu o Presidente.
Para a Prefeita de Rio Bonito, Solange Almeida, este trabalho realizado pela Câmara Metropolitana irá contribuir de forma de decisiva para alavancar o desenvolvimento do Estado “Este projeto obrigou os municípios a se reconhecerem como parte de uma rede. A base cartográfica representa um crédito para os próximos anos para realizarmos a virada de mudança que o Rio de Janeiro precisa dar, este trabalho transformou sonho em realidade para a nossa população”, declarou a Prefeita.

O Prefeito de Queimados, Max Lemos, que também participou da mesa, ressaltou o quanto esta inovação irá permitir mudanças na receita dos municípios da região metropolitana “Este instrumento será fundamental para que não haja perda de arrecadação de IPTU”, lembrou o Prefeito.

Na solenidade foram entregues aos representantes dos municípios e instituições do Estado um pen drive com o site interativo, manuais de utilização da base cartográfica, 3 mil mapas e maquetes digitais e cada Prefeitura deverá receber nas próximas semanas, o sistema de informação cartográfica online.
A Câmara Metropolitana de Integração Governamental do Rio de Janeiro e do Grupo Executivo de Gestão Metropolitana foi criada em 2011. Entre os principais objetivos da CIG, está o de retomada do processo de governança da Região Metropolitana, com uma nova legislação adequada às necessidades atuais do Estado, promovendo o desenvolvimento integrado dos municípios com foco na mobilidade urbana, segurança, saneamento básico, uso do solo, saúde e educação.


(página inicial)